Home / Publicações / Notícias / Diretor do Cecafé apresenta programa “Produtor Informado” na SIC 2017

Diretor do Cecafé apresenta programa “Produtor Informado” na SIC 2017

Na quinta-feira, 26 de outubro, o diretor técnico do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), Eduardo Heron, ministrou palestra sobre o programa da entidade “Produtor Informado”, no painel “Inovação para o Agronegócio”, realizado dentro da programação da Semana Internacional do Café – SIC 2017, que termina hoje, em Belo Horizonte (MG).

Heron explicou que a tecnologia é uma aliada do produtor no acesso à informação e na busca por uma cafeicultura inovadora. “O Produtor Informado, programa desenvolvido pelo Cecafé com o apoio do comércio exportador, visa a orientar e a disseminar o conhecimento tecnológico entre os cafeicultores, além de capacitar a adoção de boas práticas agrícolas”, revela.

Durante a palestra, a coordenadora de Projetos de Responsabilidade Social e Sustentabilidade do Cecafé, Marjorie Miranda, apresentou os resultados obtidos pelo Produtor Informado nos últimos dois anos, expondo ao público da Semana Internacional do Café que o programa capacitou aproximadamente 4.400 produtores nesses últimos 24 meses.

O Produtor Informado qualifica cafeicultores interessados em melhorar a gestão de suas propriedades e a qualidade do seu café, adotando o computador e a internet como ferramentas de apoio e busca por informação – sobre clima, preços, mercados, técnicas de produção, etc. – e boas práticas agrícolas, com o objetivo de obter um produto saudável, livre de contaminação física, química e biológica, ajudando, assim, a aumentar a rentabilidade dos seus negócios, garantindo a sustentabilidade do meio ambiente e a melhoria da qualidade da população rural.

O diretor técnico do Cecafé recorda que o projeto foi idealizado em 2006 e é voltado para agricultura familiar, pequenos produtores ou trabalhadores rurais com o objetivo de estimular a inclusão digital para o aprendizado da informática e para noções de acesso à Internet como ferramenta de trabalho no campo e na gestão da propriedade.

“Em 2016, entendemos a necessidade de aprimoramento desse projeto e, em parceria com a Plataforma Global do Café, ampliamos a abrangência e o direcionamos à disseminação das boas práticas agrícolas, com ênfase na sustentabilidade. Essa parceria permitiu ao Cecafé firmar parcerias com importantes atores da cafeicultura nacional nos setores voltados aos serviços de extensão rural, cooperativas, associações, traders e institutos de pesquisa e ensino”, conclui Heron.

Deixe um comentário